Artigos por categoria: Políticas Macroeconômicas

  • plano-real-1024x864

    Plano Real – 20 anos

    Este post era para ter sido publicado em 01/07, mas por problemas acima da minha vontade, só consegui publicar hoje. No dia primeiro de julho de 1994, o Brasil adotava a 9a moeda da sua história: o Real. Foi um longo caminho: Até 31/10/1942: Réis De 01/11/1942 a 12/02/1967: Cruzeiro De 13/02/1967 a 14/05/1970: Cruzeiro Novo […]

    Leia mais
  • debt word sinking

    Sempre é possível adaptar a sua vida ao seu orçamento

    Recentemente, publiquei em minha página no Facebook o link de um artigo bastante interessante, escrito por uma blogueira que também faz as vezes de dona-de-casa. No artigo (aqui), Patrícia Cerqueira conta como vem se adaptando à nova realidade da classe média brasileira: viver sem empregada doméstica. O sacrifício imposto à família vem sendo dividido com […]

    Leia mais
  • inflation graph

    A inflação do tomate e o crescimento econômico

    Em maio de 2011, publiquei um post (A história da inflação brasileira nas capas de Veja) em que mostro a evolução do impacto da inflação na opinião pública. Escolhi Veja por ser a publicação semanal mais antiga do Brasil (começou a ser publicada em setembro de 1968), além de ser, de longe, a de maior […]

    Leia mais
  • Supply-Demand-photo

    Oferta e demanda, os verdadeiros determinantes dos preços

    Alguns dias atrás, o governo argentino entrou em um “acordo” de congelamento de preços com os supermercados até 1 de abril. A sensação de dèjá vu, para os brasileiros com mais de 35 anos de idade, foi inevitável: vivemos 5 tentativas de congelamento geral de preços entre 1986 e 1991: Plano Cruzado (1986), Plano Bresser […]

    Leia mais
  • inflation graph

    O jogo dos 7 erros do combate à inflação

    Acordo para mais um dia de trabalho, e deparo-me com a seguinte notícia: “SP e Rio decidem adiar alta na tarifa de ônibus“. Antes mesmo de me refazer da surpresa (afinal, janeiro é o mês em que as prefeituras recompõem os seus caixas, ainda mais com prefeitos estreando nos cargos), vem a explicação: “Para reduzir […]

    Leia mais
  • debt clock

    O mundo endividado

    Está preparado para emoções fortes? Então dê uma olhada no gráfico abaixo: Esta é a evolução da dívida bruta dos governos nos últimos 32 anos. Saímos de uma dívida de US$ 10 trilhões em 1980, o que representava 23% do PIB mundial, para os atuais US$ 70 trilhões, representando 80% do PIB mundial. Não à […]

    Leia mais
  • breakthrough

    Choradeira: uma prática secular ou Quem não faz a lição de casa, acaba reprovado

    Temos ouvido com certa frequência, desde que o FED zerou as taxas de juros nos EUA, que o culpado pela falta de competitividade da economia brasileira é a política monetária dos países ricos. Para quem não está acostumado com esses conceitos, explico: na medida em que os países desenvolvidos reduzem as suas taxas de juros […]

    Leia mais
  • inflation graph3

    Qual a verdadeira meta para a inflação?

    A inflação acumulada nos últimos 12 meses foi inferior a 5% (4,99% para ser mais exato). Em setembro do ano passado, a mesma inflação acumulada havia atingido 7,31%. Bem distante, portanto, da meta de 4,5%. Na ocasião, o Banco Central havia começado a cortar a taxa SELIC de maneira surpreendente (na reunião do COPOM de […]

    Leia mais
  • employment_and_unemployment

    Custo da mão de obra: e o Brasil?

    Dando continuidade ao post anterior (O custo da mão de obra e o futuro do Euro), ficou a curiosidade: e o Brasil, como se sai neste quesito importantíssimo para a competitividade de um país? Deparei-me com uma apresentação do Credit Suisse Hedging Griffo, que traz alguns gráficos bem interessantes. Vejamos o primeiro: Tínhamos visto, no […]

    Leia mais
  • weakness

    O custo da mão-de-obra e o futuro do Euro

    O Wall Street Journal traz um artigo bastante ilustrativo (Employment, Italian Style) sobre as origens dos desbalanceamentos dentro da zona do Euro. Segundo o artigo, um empresário italiano, ao contratar um funcionário, deve se preocupar com os seguintes itens (qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência): – A empresa deve pagar 2/3 do […]

    Leia mais