Calibre a sua bola de cristal

03

No post passado (Quer saber a inflação futura? Pergunte ao Mercado!) mostramos como é possível fazer uma previsão sobre a inflação consultando o mercado financeiro. Elaborar previsões faz parte do dia-a-dia das empresas, dos governos e até dos indivíduos. Todos necessitam ter alguma idéia sobre o futuro, nem que seja para descobrir depois que errou feio!

O governo, através do Ministério do Planejamento, acaba de divulgar as suas próprias previsões, com base nas quais faz o seu planejamento (veja reportagem no Valor Econômico aqui). A tabela do governo é a seguinte:

Já as previsões do mercado (segundo o relatório Focus) para as mesmas variáveis são as seguintes:

Vamos comparar. A única variável mais ou menos semelhante é o câmbio: ambos prevêem um dólar mais ou menos nos mesmos patamares atuais. No caso da taxa SELIC, enquanto o governo prevê uma queda constante, o mercado prevê uma alta e depois quedas. O ponto aqui é que o governo parte de uma base maior (9,75%), o que já não é mais verdade. O IPCA do governo é menor, ficando a inflação na meta em todos os anos menos 2012. Já o mercado considera que a inflação ficará ligeiramente superior à meta, cerca de 0,5% ao ano.

Mas a grande diferença mesmo está no PIB: o mercado prevê um crescimento entre 4% e 4,5% para os próximos anos, enquanto o governo trabalha com algo entre 5,5% e 6%. Um e meio ponto percentual faz uma baita diferença quando se trata de PIB. Quem estará certo? Guarde estas tabelas e confira você mesmo nos próximos anos!

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Comentários (03)

  1. Acredito que até 2015 a taxa SELIC será bem menor do que essa. O restante dependerá de como as crises externas se resolverão nesse ano de 2012., poderemos começar a sair do buraco em 2013 ou entrar numa crise sem precedentes só comparadas a crise de 29.

    Sou otimista por isso acredito da taxa SELIC bem menor, mas é melhor botar as barbas de molho esse ano.

    Carlos Couto, em 01 de maio de 2012. Responder
  2. Leio seus posts via webmail, mas tive que vir aqui comentar. Adoro seus posts! rs
    Já estou no afã de comparar os números reais de 2012 reais com as previsões. Geralmente o mercado acerta mais, não?

    Flávia, em 20 de abril de 2012. Responder
    • Flávia, as previsões o mercado têm como objetivo acertar o que será o futuro, pois o mercado aposta nessas previsões para ganhar dinheiro. Já as previsões do governo tendem a ser mais políticas, uma espécie de “desejo” de que as coisas aconteçam dessa ou daquela forma. Por isso, o mercado tende a acertar mais. Mas é só uma tendência, não uma garantia. Ninguém tem bola de cristal.

      Dr. Money, em 20 de abril de 2012. Responder

Escreva um comentário