A Petrobras e o seu FGTS

06

A Petrobras foi rebaixada pela Moody’s. Agora, o “orgulho nacional” voltou a ser junk bond. Não vou aqui entrar no mérito da decisão. O ponto é que a Petrobras atravessa a pior crise de sua longa história.

Para aqueles que optaram por aplicar o seu FGTS em ações da empresa, fica a pergunta: foi um bom negócio? Vejamos.

A primeira oportunidade para o trabalhador aportar recursos na Petrobrás foi em 17/08/2000, ainda no governo FHC. Naquele dia, Petrobras ON valia, a preços de hoje, R$ 3,96. Hoje, Petro ON fechou a R$ 9,30. Portanto, uma valorização de 135% no período, ou aproximadamente 6,1% ao ano. Se este mesmo dinheiro permanecesse dormindo no FGTS, teria rendido TR+3%, o que equivaleria a 96% neste mesmo período. Ou seja, quem aplicou em Petro ON no ano 2000, ganhou aproximadamente 20% a mais do que se tivesse deixado o dinheiro no FGTS. Ou, em outras palavras, Petro ON deveria cair mais 20% para empatar com o FGTS. Bom negócio, apesar de tudo.

Mas a história não para por aqui. Lembra-se da capitalização de 2010? Foi em 30/09/2010, quando Petro ON valia R$ 27,04. Este foi o preço pago por aqueles que decidiram entrar nesta segunda capitalização (a maior do capitalismo mundial de todos os tempos, segundo Lula). O investidor tinha direito a comprar aproximadamente 32,7% do montante em ações já detidas. Então, digamos que você tivesse investido R$ 1.000 em 17/08/2000. Você teria em 30/09/2010 um montante de R$ 6.820. Teria, portanto, direito a subscrever cerca de R$ 2.230 em novas ações de Petro ON.

Se você tivesse deixado o seu dinheiro descansando no FGTS, ele teria rendido cerca de 17%, e os R$ 2.230 teriam se transformado em R$ 2.615. Mas você se deixou seduzir pelo canto da sereia da maior capitalização do universo, e perdeu cerca de 66% deste valor. Portanto, os seus R$ 2.230 se transformaram em cerca de R$ 767. Então, acompanhe comigo:

  • R$ 1.000 investidos em 17/08/2000 se transformaram em R$ 2.348 hoje, contra R$ 1.955 no FGTS. Ganho de R$ 393.
  • R$ 2.230 investidos em 30/09/2010 se transformaram em R$ 767 hoje, contra R$ 2.615 no FGTS. Perda de R$ 1.848.
  • Portanto, você ganhou R$ 393 na primeira parcela da sua capitalização, e perdeu R$ 1.848 na segunda parcela. Um prejuízo total de R$ 1.455 para cada R$ 1.000 investidos no ano 2.000! Um prejuízo líquido!

Por que isso aconteceu? Porque você dobrou a aposta quando a ação estava próxima do pico. O fato do preço da ação estar próxima do pico lhe permitiu empatar muito mais dinheiro nessa segunda compra do que você podia fazê-lo na primeira. Muitos irão fazer as contas com percentuais, e aí o prejuízo não aparece. A conta correta a ser feita é com o dinheiro investido, e a verdade é que você investiu muito mais dinheiro na segunda capitalização do que na primeira. Esta é a triste realidade.

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Comentários (06)

  1. Dr. MONEY!

    TENHO 2000 QUOTAS AÇÕES DA PETROBRAS , VINCULADA AO FGTS DRDR 2000. JA ESTOU APOSENTADO, COMO FAÇO PRA RESGATAR AS QUOTAS HAJA VISTA QUE JÁ NÃO TEMHO MAIS VINCULO com FGTS
    outra dúvida é saber o valor líquido aproximado tenho direito a receber?
    Detalhar taxas ou IR será descontado

    Abs,
    Flávio Lima

    Antônio Flávio Nascimento Lima, em 24 de abril de 2015. Responder
    • Antônio, você precisa verficar esta informações junto à agência da Caixa Econômica em que está o seu Fundo FGTS Petrobras.

      drmoney, em 25 de abril de 2015. Responder
  2. Muito bom Dr Money.

    Mas você acredita que essa crise na Petrobras é devido ao governo Dilma ou é resultados de governos passados que só tá dando efeito hoje?

    Ate nos TD teve aumento como diz nesse artigo http://queroeconomizardinheiro.com.br/como-investir-no-tesouro-direto/

    Vitor Rocha, em 24 de março de 2015. Responder
    • Vitor, os problemas da Petrobras se dividem em duas partes:
      1) Uso indiscriminado da Petrobrás para implementação de políticas de Estado: congelamento dos preços da gasolina, política de conteúdo nacional, regime de partilha para o pré-sal, parcerias com governos pouco confiáveis, como Venezuela e Bolívia.
      2) Institucionalização da corrupção. A corrupção não foi inventada neste governo, mas o grau que atingiu foi inédito. Tanto é assim, que nem o balanço conseguiram publicar, fato absolutamente inédito na história da empresa.
      Ambos os fatores acima foram originados pelos governos que assumiram a partir de 2003.

      drmoney, em 25 de março de 2015. Responder
  3. Olá, Dr. Money!
    Primeiramente, parabéns pelo livro, deve ser de muita qualidade.
    No seu exemplo, foram considerados os dividendos?
    Abraço!

    soulsurfer, em 26 de fevereiro de 2015. Responder
    • Sim, a rentabilidade já considera os dividendos pagos ao longo do tempo. Abraço!

      drmoney, em 26 de fevereiro de 2015. Responder

Escreva um comentário