Postagens mais recentes

  • clock money

    É hora de aplicar na bolsa?

    Artigo originalmente publicado no jornal Valor Econômico   A bolsa está no mesmo nível de quase três anos atrás. Depois da recuperação espetacular de 2009, o Índice Bovespa vem trabalhando na faixa de 60 a 70 mil pontos desde o início de 2010. E não parece ter força para retomar a alta. É lícito, então, […]

    Leia mais
  • termometro 2

    Quebrando o termômetro

    Hoje o Estadão publica reportagem (aqui) dando conta de que o BC pretende mudar a forma de como faz a pesquisa Focus. Para quem está por fora, a pesquisa Focus é realizada semanalmente principalmente junto a instituições financeiras, e contém projeções para algumas variáveis macroeconômicas, como inflação, crescimento do PIB e contas externas. Para quem […]

    Leia mais
  • aposentadoria

    Quanto poupar para a aposentadoria

    Meu post sobre a poupança para os filhos (aqui) fez surgir a questão: e quanto poupar para a própria aposentadoria? O primeiro passo é saber quando você pretende se aposentar. Não significa que você vai parar de trabalhar nessa idade, mas será o momento em que você vai parar de poupar para a aposentadoria, porque… […]

    Leia mais
  • thumb up

    Como os países são vistos pelos cidadãos de outros países

    Se lhe apresentassem uma lista de países, e lhe perguntassem o que você pensa da influência de cada um deles no mundo, se principalmente positiva ou principalmente negativa, o que você responderia? Pois é isso o que a BBC faz todo ano desde 2005. A pesquisa de 2011 acaba de ser publicada (veja íntegra aqui), […]

    Leia mais
  • house world

    Preços dos imóveis no mundo

    A Economist desta semana trás um gráfico interativo bem interessante (aqui), em que você pode comparar dados do mercado imobiliário de 20 países desde 1987. Uma pena que o Brasil não esteja entre os 20. Aliás, este é um sinal de como o mercado imobiliário brasileiro ainda está em seus primeiros estágios de desenvolvimento: nem […]

    Leia mais
  • bolha imobiliaria

    Sugestão aos Crentes da Bolha Imobiliária

    Tenho recebido alguns comentários furiosos a respeito do meu post sobre a inexistência de bolha imobiliária nas grandes cidades brasileiras. Na verdade, eu não afirmei que inexiste uma bolha. Apenas reuni evidências de que, talvez, os preços dos imóveis no Brasil não estejam, assim, tão deslocados em relação à média mundial. Obviamente, podemos estar vivendo […]

    Leia mais
  • bolha imobiliaria 2

    Ainda a bolha imobiliária no Brasil

    Um leitor do blog (infelizmente anônimo), chama a atenção para o fato de que não se pode comparar os preços de imóveis em Londres ou Nova York com os de São Paulo. Afinal, são cidades de países desenvolvidos, e não têm, segundo o leitor, enchentes. Bem, enchente que paralisa a cidade por horas não tem […]

    Leia mais
  • happy family

    Dinheiro traz felicidade? Pergunte ao Chávez.

    Um gráfico publicado pela The Economist no final do ano passado procura responder à eterna questão: traria o dinheiro felicidade? Note o gráfico da direita, em que se relaciona o PIB (em escala logarítmica) e um Índice de Satisfação com a Vida (Life Satisfaction). Apenas uma nota técnica: a escala logarítmica dá mais importância para […]

    Leia mais
  • bolha imobiliaria 3

    Bolha imobiliária no Brasil?

    O Brasil vive uma bolha imobiliária? Quem vive ou trabalha nos bairros de classe média-alta de São Paulo tem a impressão (ou a certeza) de que sim! Quase todos têm histórias sobre vizinhos que venderam seus apartamentos pelo dobro ou triplo do preço pelo qual pagaram há dois ou três anos. Ok, posso estar exagerando […]

    Leia mais
  • clock 3

    A hora "certa" de entrar na bolsa

    Todo mundo sabe que, para ter sucesso na bolsa, é preciso “comprar na baixa e vender na alta”. Com essa receita, qualquer um se dá bem. Basta então identificar corretamente a baixa e a alta da bolsa. Simples? Longe disso. Júlio Pinheiro, leitor do blog, envia-me um estudo muito interessante (que ele produziu em seu […]

    Leia mais